Andarilhos do Asfalto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Andarilhos do Asfalto

Mensagem por Mestre em Seg 04 Abr 2016, 20:53

Andarilhos do Asfalto

Via de regra, os Garou preferem as profundezas da floresta aos meandros das cidades. Os lobisomens, até mesmo os hominídeos, vêem as vastidões de concreto como chagas no corpo de Gaia e as evitam.

Os Andarilhos do Asfalto são a exceção à regra.

Originários da Mesopotâmia (embora não fossem chamados de Andarilhos do Asfalto naquela época), esses lobisomens urbanos adquiriram lentamente uma reputação de Garou estranhos e curiosos. Eles estiveram entre os primeiros a morar em territórios humanos, onde aprenderam a respeitar a engenhosidade e a adaptabilidade dos homens. Opuseram-se com veemência ao Impergium e estiveram entre os maiores responsáveis pelo seu fim (os Garras Vermelhas nunca os perdoaram por isso).

Agora os Andarilhos do Asfalto vivem nas cidades dos humanos, não por faltar outro lugar para onde ir (como os Roedores de Ossos), mas por escolha própria. Eles amam o conforto e a tecnologia, sempre procurando manter-se a par
da moda humana, sua arte de vanguarda e sua tecnologia de ponta. Esta modernidade faz com que os Andarilhos sejam
ocasionalmente motivo de vergonha e ultraje para os outros Garou. Sem dúvida alguma, os outros lobisomens não confiam nos Andarilhos do Asfalto.

Mas os Andarilhos não escutam as críticas que lhes são feitas (possivelmente por surdez provocada pela superexposição a produtos químicos e a walkmans da Sony). Os Andarilhos do Asfalto argumentam que, longe de serem aberrações contra Gaia, são os lobisomens que se encontram em maior harmonia com a Mãe. Afinal, estão apenas levando a teoria da evolução à risca. Se a Terra está sendo coberta por concreto e o sol está sendo bloqueado por fumaça, então a Terra e o Sol não estão aptos a continuar existindo. Os outros Garou, se quiserem, que permaneçam num mundo fantasioso e idílico, mas as criaturas mais espertas devem aprender a viver no momento presente. Nem sempre o que é novo e diferente é ruim. Os arranha-céus nada mais são que as árvores de uma nova floresta. Talvez, protegida por uma armadura de asfalto e cercada por um escudo de fumaça, Gaia possa resistir ao ataque da Wyrm.

Como se corroborando sua crença, os Andarilhos do Asfalto possuem diversos caern poderosos. Eles se orgulham muito em recuperar caern perdidos para Gaia, e insistem que apenas eles são capazes de resistir às piores investidas da corrupção da Wyrm. Somente eles, posicionados como estão, são capazes de caçar e destruir os representantes mais
vis da espécie humana. A habilidade dos Andarilhos em descobrir e desfazer planos para desenvolvimentos particularmente destrutivos, como vazamentos tóxicos, é a principal razão pela qual eles não foram declarados traidores.

É claro que o poder dos Andarilhos concorre para a sua permanência. Eles não ditam as regras da sociedade humana
como fazem os vampiros, mas exercem sobre ela uma influência maior que quaisquer outros lobisomens. A tribo dos Andarilhos do Asfalto é a mais rica, e os seus membros os mais adaptados tecnologicamente. Além disso, os Andarilhos
do Asfalto Theurges fizeram pactos com muitos elementais e espíritos urbanos, que costumam aprisionar em fetiches mortais.

Totem da Tribo: Barata (essa pode parecer uma escolha esquisita até que se considere que o inseto existe há 325 milhões de anos e é incrivelmente adaptável e resistente, sendo virtualmente imune à extinção).

Força de Vontade Inicial: 3

Antecedentes: Os Andarilhos do Asfalto não podem comprar Raça Pura, Mentor ou Vida Passada.

Dons Iniciais: Controle de máquinas simples, Persuasão.

Físico: Os Andarilhos do Asfalto já cruzaram com humanos do mundo inteiro. São conhecidos por sua devoção à moda humana, embora isso varie de uma subcultura para outra: um Andarilho do Asfalto pode parecer uma modelo da Vogue ou um punk tatuado. Na forma lupina possuem, geralmente, tamanho pequeno a médio. Seus pêlos costumam ser multicoloridos e malhados (e ocasionalmente tingidos). Muitos dos membros mais jovens da tribo tingem e trançam as jubas de suas formas Crinos numa variedade de estilos coloridos e bizarros. De todas as tribos, os Andarilhos possuem o menor número de lupinos (conseqüentemente,seu sangue está enfraquecendo).

Território: Os Andarilhos do Asfalto habitam áreas urbanas, muitas das quais controlam. Eles procuram territórios mais elegantes que os seus primos Roedores de Ossos, embora os Andarilhos mais jovens pareçam nutrir por armazéns e clubes underground o mesmo apreço que os seus velhos têm por hotéis de quatro estrelas.

Protetorado: Os Andarilhos do Asfalto protegem aqueles que habitam e fazem funcionar as cidades: funcionários de empresas; membros do submundo e de gangues de rua; cientistas e pesquisadores. Eles se preocupam com os humanos mais comuns, mas se mantêm atentos às ameaças que pairem sobre quaisquer habitantes da sua cidade.

Citação: O ambiente urbano não é natural? Claro que é. Os predadores usam disfarces diferentes e empregam outros métodos para caçar suas presas aqui, as garras e as mandíbulas foram substituídas por recusas de crédito em bancos e auditorias do imposto de renda. Ainda assim, gritos primais de triunfo são ouvidos todos os dias em salas de reunião, e o terror nos olhos de um cervo assustado transparece nas expressões de muitos freqüentadores de terapias de grupo.
avatar
Mestre
Admin

Mensagens : 1306
Data de inscrição : 01/03/2016

http://highrock.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum